Um hospital feito (também) de números

Neste fechamento do ano, HBB apresenta números gerais e projeta crescer ainda mais em 2020

2019 foi um ano cheio para o Hospital Bruno Born (HBB), de Lajeado. Na área de infraestrutura, reinauguração do Atendimento 24 Horas; reformas internas; revitalização da fachada; reabertura do acesso principal e modernização da Central de Visitas. Em relação a procedimentos, a instituição conseguiu zerar as infecções dentro da UTI; readequou processos e melhorou o relacionamento com pacientes e familiares.

Para fechar o ano, ainda uma conquista desejada há muito e alcançada com esforço de todos os setores: a Acreditação Hospitalar Nível 2, que fez do HBB um dos seis hospitais do Rio Grande do Sul a contarem com a certificação.

“Tivemos muitas conquistas e enfrentamos muitos desafios ao longo do ano, mas certamente o grande destaque foi a conquista do Nível 2 da Acreditação. Somos o único hospital dos vales do Taquari e Rio Pardo com este certificado, e estamos entre poucos do Estado neste nível. É um motivo de grande orgulho”, analisa o presidente do HBB, João Batista Gravina. Neste tema, ele destaca o engajamento de todos os funcionários, fundamental para a conquista, e a liderança do diretor Executivo Cristiano Dickel.

Em 2020, uma das metas é reforçar outros procedimentos e conquistar a Acreditação Nível 3. “Além disso vamos seguir em busca do equilíbrio financeiro e da realização de um trabalho cada vez mais humanizado.” O HBB também irá trabalhar para conquistar duas certificações internacionais das UTIs Adulto, Pediátrica e Neonatal – da Agencia de Calidad Sanitaria de Andalucia (ACSA), a única metodologia de Acreditação europeia no Brasil. Até maio deve ser concluída a reforma do centro cirúrgico e, até junho, concluída a terceira etapa do Atendimento 24 horas – que dobrará o número de leitos de observação.

Gravina ainda destaca o fato de que o Hospital Bruno Born é um prestador de serviço: os gestores e responsáveis pela Saúde são Município, Estado e União. “Oferecemos o que está dentro de nossas condições e contratos. Funciona como qualquer relação de empresa com um contratante. E em muitos casos fazemos até mesmo além do acordado. E isso tem um custo. Queremos nos manter líderes, apesar das dificuldades. Quantas cidades com 80 mil habitantes têm um hospital como o HBB? Nenhuma. Por isso precisamos de ajuda para seguir o trabalho.”

Para mostrar um pouco mais o que o HBB representa para Lajeado e região, preparamos uma lista com os principais indicadores do maior hospital do Vale do Taquari:

Índice de satisfação geral do hospital: 94,39%

Números de colaboradores: 1.025

Número de Enfermeiros: 99

Número de técnicos: 360

Número de médicos: 297

Número de terceiros: 105 (entre Banco de Sangue, Clinefron, Physical e Laboratório Hermann)

Número de Leitos: 188

Atendimentos / recepção

Pessoas que visitam pacientes no hospital: 216.000

Número de pessoas que acessam o hospital por outros motivos: 50.400

Número de Cirurgias ambulatoriais: 3.040

Número de Procedimentos ambulatoriais: 5.322

Número cirurgias no Bloco Cirúrgico: 7.321

Números de partos por cesariana: 961

Números de partos por parto normal: 478

Número de internações: 12.900

Número de exames de Imagem realizados: 109.747

Número de Atendimentos Centro de Reprodução Humana: 1.643

Números no Atendimento 24h: 3.280 (média mensal)

Números de atendimentos na Emergência: 850 (média mensal)

Internos:

Números de refeições servidas: 502.845

Quantidade de roupas lavadas: 492 mil quilos

Volume de Água consumido: 110 m3

Valores:

Custo da água consumida: R$ 34.806,11

Custo da energia elétrica: R$ 2.101.017,29

Custo com medicamentos e materiais cirúrgicos: R$ 20.151.919,63

Equipamentos

O HBB conta com mais de mil equipamentos médico-hospitalares de pequeno, médio e grande porte. Desses, destacam-se:

– 3 equipamentos de tomografia computadorizada

– 2 equipamentos de ressonância magnética

– 1 equipamento de Medicina Nuclear

– 15 equipamentos de ultrassom

– 150 dedicados ao tratamento cirúrgico

– 50 em nosso centro de reprodução humana

Entre muitos outros utilizados em todos os setores do HBB.

MAPA

CONTATO

Um hospital feito (também) de números – Hospital Bruno Born