Nasce o primeiro “filho” do Centro de Reprodução Humana HBB.

É um menino!!!
 
Nasce o primeiro “filho” do Centro de Reprodução Humana HBB.
 
Casal da região foi o primeiro “cliente” do CRH no tratamento de fertilização in vitro.
 
Veio ao mundo nesta quinta-feira o primeiro bebê gerado a partir de fertilização in vitro do Centro de Reprodução Humana (CRH) Bruno Born, de Lajeado. Pesando 3,24 quilos e medindo 48 centímetros, o menino, filho de um casal do Vale do Taquari, nasceu de cesárea realizada pelo médico Sílvio Pulita e equipe às 10h.
 
Esta é a primeira criança nascida a partir de tratamento realizado no CRH, que, em 29 de maio, completa seu primeiro ano de existência.
 
Conforme o médico Marcos Höher, especialista em Reprodução Humana e coordenador do CRH, o casal estava em sua quarta tentativa de “gravidez”: por três vezes tinham realizado tratamento em clínicas de Porto Alegre, sem sucesso. Na primeira em Lajeado, o resultado foi positivo.
 
“Para um casal que tenta engravidar, todo o processo é bastante cansativo, estressante. E sair da cidade deles para ir constantemente a Porto Alegre estava complicado. A inauguração do CRH ajudou neste sentido”, observa.
 
“Já conhecíamos o doutor Marcos e, logo que soubemos da criação do Centro em Lajeado, optamos por realizar um novo tratamento aqui”, conta o pai do bebê. A família, que pediu para não ser identificada, agora está completa. “É um alívio ver que tudo deu certo. Tínhamos foco, certeza, de que tudo correria bem. E correu”, comemora a mãe.
 
Atendimento
 
Em relação ao atendimento prestado no CRH/HBB, só elogios: “Toda a equipe sempre foi ótima, com atendimento muito superior a outras clínicas que já havíamos ido. Nunca sentimos em outros lugares a segurança que sentimos aqui”, revela o casal. “Quando optamos por vir a Lajeado, e daí conhecemos a estrutura do CRH, tivemos a certeza de que era o lugar certo.”
 
Para o pai, a emoção dos últimos dias é indescritível. Ele estava fora da região quando soube do rompimento da bolsa. Pegou um voo e chegou ansioso por conhecer o primeiro filho. “São sensações incríveis: é nosso primeiro filho, e é emocionante o tratamento ter dado certo. Recebemos muita atenção da equipe desde o primeiro dia. Os profissionais são ótimos, dedicados e precisos.”
 
Sobre o CRH
 
Instalado em uma área de 1,1 mil metros quadrados, o centro conta com tecnologia de ponta 99% importada e está entre os mais modernos do país.
 
Conta com salas de espera individuais, onde cada paciente ou casal tem mantida a sua privacidade. Também estão à disposição ambientes para pacientes que quiserem descansar antes de retornar à sua cidade de origem.
 
São oferecidos serviços como diagnóstico da causa da infertilidade e os respectivos tratamentos para engravidar; tratamentos para novas formações de família: uniões homoafetivas ou família monoparental (mulheres solteiras); acompanhamento, aconselhamento e planejamento reprodutivo; preservação (congelamento) de óvulos, espermatozoides e embriões; diagnóstico de doenças cromossômicas antes mesmo do início da gestação; identificação das causas de abortamento e prevenção da sua recorrência; medicação especial necessária para os tratamentos, e outros.
 
Os tratamentos variam de R$ 750 a R$ 30 mil, de acordo com a complexidade. Há possibilidade de financiamento em até 48 vezes, pela Sicredi.
 
Fotos Divulgação
 
Legenda1 – Nascimento histórico: o primeiro bebê gerado por tratamento no CRH
MAPA

CONTATO

Nasce o primeiro “filho” do Centro de Reprodução Humana HBB. – Hospital Bruno Born