Farmácia do HBB implanta ferramenta de avaliação de prescrições

O Serviço de Farmácia Clínica do Hospital Bruno Born (HBB), de Lajeado, está em concluindo a implantação de uma ferramenta para otimizar as avaliações de prescrições médicas. Chamada de “NoHarm”, a plataforma de inteligência artificial trará mais agilidade e segurança.
Martina Mazotti, farmacêutica responsável pelo SFC, explica que hoje já existe um serviço estruturado voltado à segurança da cadeia medicamentosa, mas a intenção é que se aumente a taxa de prescrições revisadas – que é de 65%. São sete farmacêuticos, divididos por setor, com a atividade principal de revisar estas prescrições.
“Este programa nos mostra o que mudou na prescrição do mesmo paciente de um dia para o outro, e é capaz de sinalizar o que está prescrito de forma não habitual. Dessa forma não é necessário revisar tudo de novo todos os dias”, detalha a farmacêutica.
“O objetivo é garantir a segurança na cadeia medicamentosa, criando barreiras de segurança que irão refletir na segurança do paciente. A NoHarm irá nos auxiliar muito, visto que trabalha com scores e alertas”, diz ela.
A ferramenta, que atualmente é utilizada pela Santa Casa de Misericórdia, de Porto Alegre, está em processo de integração com o sistema informatizado do hospital e deve estar em funcionamento pleno até dezembro.

CONTATO

Farmácia do HBB implanta ferramenta de avaliação de prescrições – Hospital Bruno Born